sábado, 18 de agosto de 2012

To cansado de fingir que nada me abala quando na verdade tudo me destrói.

Nenhum comentário:

Postar um comentário