sexta-feira, 6 de julho de 2012

“Mas uma hora a gente cansa de bater na porta de quem não abre.” — Clarissa Corrêa

Nenhum comentário:

Postar um comentário